• A medida visa a ajudar a aliviar as dificuldades econômicas causadas pela paralisação das atividades dos profissionais que colaboram regularmente na empresa
  • Até o momento, a MAPFRE já destinou 115 milhões para apoiar o emprego de autônomos e PMEs

A MAPFRE destinará até 55 milhões de euros para antecipar o pagamento dos fornecedores da empresa que sejam obrigados a parar ou diminuir sua atividade por causa da COVID-19.

Assim, mais de 7 mil mecânicos, rebocadores, taxistas e demais fornecedores que colaboram habitualmente prestando serviços aos clientes da empresa poderão solicitar um adiantamento na cobrança da MAPFRE. A iniciativa tem como objetivo apoiar esse coletivo frente às dificuldades no desenvolvimento de sua atividade com normalidade, devido às medidas tomadas para frear a propagação do vírus.

A empresa também oferece um serviço gratuito de assessoria, para que esses profissionais possam conhecer todas as medidas aprovadas pelo Decreto Real Espanhol que declara o estado de emergência, cujos serviços do grupo podem ser necessários, e como agir nesses casos.

“Queremos apoiar todos os profissionais que trabalham conosco todos os dias, que atendem nossos clientes e que se esforçam diariamente para que o serviço da MAPFRE seja da mais alta qualidade. Agora é o momento de apoiá-los, porque eles também são uma parte essencial de nossa cadeia de valor”, afirma José Manuel Inchausti, CEO da MAPFRE ESPAÑA.

Essa medida se soma àquela anunciada pela empresa na semana passada, de destinar 60 milhões de euros para devolver aos seus clientes autônomos e PMEs parte dos prêmios de seguros correspondentes aos dias em que o estado de emergência entrou em vigor, e à doação, por meio da Fundación MAPFRE, de 5 milhões de euros ao Conselho Superior de Pesquisas Científicas para acelerar a pesquisa na Espanha, especialmente aquela relacionada à COVID-19.

A MAPFRE, que conta com cerca de 7 milhões de clientes na Espanha, colocou em prática seu Plano de Contingência de Negócios para enfrentar a situação atual, com o duplo objetivo de proteger a saúde dos funcionários, colaboradores e clientes, e de manter o serviço com a máxima qualidade possível. Nesse momento, mais de 95% dos funcionários da seguradora na Espanha estão trabalhando remotamente com o objetivo de reduzir o risco de contágio e poder garantir o serviço aos clientes.