Esta solução digital transforma a experiência dos jovens com as finanças ajudando-os a tomar decisões sobre suas economias e a obter o maior rendimento com seu dinheiro.

Diversos estudos mostram que, embora os jovens com menos de 35 anos (que em pouco tempo serão metade da força de trabalho na Espanha) querem economizar dinheiro, mas não sabem como e nem têm motivação para isso. O algo grau de rejeição às incertezas e a predisposição ao curto prazo estão nas origens dessa situação.

Partindo dessa premissa, criou-se o Finnite, um decision bot que, por meio de inteligência artificial, oferece uma experiência de cliente totalmente personalizada. Esta solução permite aos jovens começar a desenvolver uma cultura de poupança e os capacita para tomar suas próprias decisões no ambiente financeiro e de estratégias de investimento. O projeto inclui insights de B-Bites, a ideia vencedora na Espanha na primeira edição do #inova, o programa de intraempreendedorismo da MAPFRE.

Por seu caráter único e singular, o Finnite foi merecedor de um dos Premios Azul, criados pela INESE com o objetivo de reconhecer as equipes empresariais do mercado espanhol cujas competências se destacaram graças às suas iniciativas únicas e singulares. Os prêmios são concedidos aos projetos inovadores de seguradoras, resseguradoras e empresas de serviços do setor de seguros que estejam relacionados com a criação de produtos ou serviços que ajudam a melhorar a qualidade do serviço oferecido aos clientes; a inovação e a melhoria de processos internos que agreguem valor à empresa; e novas formas bem-sucedidas de proximidade e fidelização de clientes.

Em um mercado cada vez mais competitivo como o de seguros, a busca por propostas inovadoras que permitam se diferenciar da concorrência é cada dia mais importante. Por isso a importância deste prêmio, no qual concorriam 26 projetos de 15 entidades diferentes. Ao reconhecer o prêmio, e representando a equipe de MAPFRE Vida, Juan Cumbrado, Diretor Corporativo de Inovação da MAPFRE ESPAÑA, compartilhou os êxitos da iniciativa: “Graças a este projeto, fomos capazes de chegar ao público mais jovem. Ao aplicar a inteligência artificial, e por meio da machine learning, conseguimos detectar as necessidades desse grupo e oferecer uma resposta. Além disso, o Finnite melhorou em 25% o estímulo dos jovens no interesse pelos produtos financeiros e de poupança”. Os próprios protagonistas avaliam os bons resultados, pois “recebemos uma avaliação de 4,6/5 dos clientes que já utilizaram o projeto. Por isso, estamos muito orgulhosos do ter cumprido com este objetivo, e continuaremos trabalhando para melhorar a experiência dos nossos clientes”.

Para conhecer mais sobre o Finnite, recomendamos visitar a página: https://www.jubilacionypension.com/economia-domestica/te-ayudamos-a-ahorrar/finnite-herramienta-aprender-invertir/