Crescimento rentável e catástrofes, dois pontos-chave que explicam este trimestre
5 ( 1 voto )

A capacidade real de uma seguradora é medida quando é necessário dar uma solução aos seus clientes, principalmente diante de grandes catástrofes simultâneas que testam a solidez de uma empresa e sua reação a elas.

É o caso da MAPFRE, que trabalha intensamente para solucionar os problemas de seus milhares de clientes afetados pelos recentes furacões e terremotos no Caribe e na costa atlântica da América do Norte, sem afetar a evolução da empresa e sem frear o desenvolvimento de sua estratégia de negócio. Portanto, o primeiro ponto-chave deste trimestre são os 176 milhões que a empresa estima que estes eventos catastróficos irão custar-lhe, uma cifra que, em relação à magnitude dos três furacões e dos três terremotos, demonstra que a proteção da MAPFRE diante desses riscos é correta.

O segundo ponto-chave é comprovar, em mais um trimestre, que a estratégia baseada no crescimento rentável, ou seja, concentrar o esforço nas linhas e/ou produtos que geram mais retornos para a empresa, está sendo um êxito. Isso pode ser observado na contribuição ao resultado de mercados como Espanha, Colômbia, Peru, América Central, Turquia, e na do negócio de resseguros, e também será verificado no resto de mercados nos próximos meses, à medida que sua aplicação seja concluída. Este plano termina no final de 2018.