O Conselho de Administração chegou a um acordo para propor à Assembleia Geral de Acionistas um dividendo complementar, relativo aos resultados do exercício de 2017, de 0,085 centavos de euro brutos por ação. Desta forma, o dividendo total relativo aos resultados do exercício chegará a 0,145 centavos de euro por ação, representando 4,9% de rentabilidade pelos preços atuais da ação. Desta forma, a MAPFRE destinará 447 milhões de euros ao pagamento aos seus acionistas relativo aos resultados do exercício de 2017, a mesma quantidade que no ano anterior. Isto representa dedicar 63,7% do seu lucro aos dividendos, o que cumpre com o objetivo de manter o payout entre 50 e 65%.

A companhia pagou aos seus acionistas integralmente em dinheiro entre 2012 e 2017 um total de 2.464 milhões de euros em dividendos.

Mais noticias:

As receitas da MAPFRE chegaram a 27,984 bilhões de euros, 3,3% a mais, e o lucro ultrapassou 700 milhões