O Conselho de Administração concordou que o pagamento do dividendo complementário do exercício de 2021 de 0,085 euros brutos por ação, aprovado pela assembleia geral de acionistas, será pago dia 31 de maio. Como resultado, o dividendo total para 2021 será de 0,145 euros brutos por ação, retornando aos níveis prévios à pandemia.

Assim, o Grupo pagará um total de 446.9 bilhões de euros a seus acionistas em 2021, o que representa um pay-out de 58,4%.