Apesar do impacto da Covid-19, a agência de qualificação mantém a nota “A+” com perspectiva estável

A agência Fitch decidiu manter a qualificação de crédito de força financeira seguradora da MAPFRE em “A+”, com perspectiva estável, após realizar uma avaliação do impacto potencial da pandemia do coronavírus na empresa.

A agência de qualificação de riscos explica em sua nota que a manutenção da classificação se sustenta em uma visão da MAPFRE como uma empresa “solidamente capitalizada”; com um endividamento financeiro de 23% ao final de 2019, a Fitch “não espera um aumento significativo para este ano”. “A MAPFRE”, continua a nota da agência, “tem uma posição sólida de liquidez e, além disso, conta com acesso a uma linha de crédito sindicada de um bilhão de euros. Esperamos que a rentabilidade técnica do grupo continue sendo resiliente.”

MAPFRE vai adiantar os resultados do primeiro trimestre no dia 5 de maio.