Fundación MAPFRE, entre as mais transparentes da Espanha
5 ( 1 voto )

A Fundación MAPFRE é uma das 10 fundações espanholas com nível mais alto de transparência e adoção de práticas de boa governança, de acordo com a sétima edição do relatório Construir Confiança 2015

Em 2015, a Fundación MAPFRE liderou, uma vez mais, os primeiros lugares dessa classificação publicada todos os anos pela Fundação Compromisso e Transparência.

A Fundación cumpre, inclusive, com 15 dos 18 indicadores de transparência e boa governança exigidos por essa entidade para poder fazer parte do grupo seleto das 21fundações empresariais espanholas que pertencem à categoria de “Transparentes”.

Entre esses indicadores, a informação econômica se destaca por representar, de acordo com o estudo, “o conteúdo mais sensível e crítico de todos”, e que “sempre deve ser obedecido” pelas fundações para que sejam realmente transparentes.

O desenvolvimento de um código de boa governança também foi realçado, embora seja um indicador ainda não muito frequente entre as fundações. Foi destacado ainda o fato de informar na Web sobre suas atividades, indicar o número depessoas beneficiadas pelos seus programas e divulgar o nome e o cargo dos principais executivos e membros do seu patronato, entre outros.

Estes dados foram extraídos do relatório Construir Confiança 2015, um relatório de transparência e boa governança dos websites das fundações espanholas, que tem como objetivo analisar a evolução e o progresso das 63 principais fundações empresariais e familiares da Espanha durante os últimos sete anos.

Esse trabalho revela, em linhas gerais, uma “melhoria paulatina” nos níveis de transparência e adoção de práticas de boa governança, salientando que, entre os progressos mostrados nesta nova edição, dois se referem ao cumprimento do indicador sobre a “missão”, sem a qual é difícil mensurar os resultados, podendo perder o foco estratégico”, e sobre as informações econômicas, que são divulgadas atualmente por 4 de 10 fundações, permitindo prestar conta das situações financeiras, da memória das contas anuais e do relatório de auditoria externa.

O relatório Construir Confiança 2015 também insiste em várias recomendações voltadas ao fomento de melhores práticas. Entre as mais importantes estão: a necessidade de que os “patronatos sejam mais diversificados e independentes” e publicar suas políticas sobre investimentos, detalhando os critérios empregados na administração do patrimônio da fundação.

Entre as 10 entidades mais transparentes incluídas nesse ranking também estão a Fundação Accenture, a Fundação Atresmedia, a Fundação Bancária La Caixa, Gas Natural Fenosa e a Telefônica.

Para ler o estudo na íntegra, clique neste link:

www.compromisoytransparencia.com