A Fundación MAPFRE promove a pesquisa na área da saúde e da prevenção de acidentes com mais de 680.000 euros
5 ( 3 votos )

O objetivo destas Ajudas à pesquisa Ignacio H. de Larramendi é desenvolver projetos relacionados com a promoção da saúde, seguro e previdência social, e prevenção e segurança viária

A Fundación MAPFRE concedeu um total de 681.000 euros a 21 projetos de pesquisa a serem realizados principalmente em centros, universidades, empresas e hospitais da Espanha, Portugal, México, Brasil, Colômbia e Peru. O objetivo destas Ajudas à pesquisa Ignacio H. de Larramendi é desenvolver projetos relacionados com a promoção da saúde, seguro e previdência social, e prevenção e segurança viária.

Entre os projetos de promoção da saúde destaca-se o elaborado pela Universidade de Valença, que avalia o potencial das microalgas na elaboração de alimentos ou em suplementos para a prevenção e o tratamento da obesidade ou diabetes. Neste âmbito também tem destaque o empreendido pela Universidade Pontifícia Bolivariana (Colômbia) para desenvolver um projeto de vigilância domiciliar remota para a promoção da saúde em pacientes com insuficiência cardíaca. Nesta categoria foram apresentadas no total 410 solicitações.

Entre as bolsas dadas dentro do âmbito da prevenção e segurança viária, destaca-se a concedida à Fundação de Ajuda contra a Dependência Química, que levará a cabo um estudo que analisará os fatores que favorecem ou, ao contrário, impedem que os jovens tenham um comportamento prudente ao volante.

Entre as ajudas concedidas para promover a pesquisa no campo do seguro e da previdência social distingue-se o projeto a ser desenvolvido por Alejandro Zornoza, Especialista em direito e novas tecnologias, que visa elaborar um sistema de distribuição da responsabilidade que seja o mais equitativo possível nos sinistros envolvendo um ou vários veículos autônomos e conectados.

Dentro desta convocatória, para a qual foram apresentados 568 projetos ao todo, neste ano a Fundación MAPFRE concedeu a Bolsa Primitivo de Vega de Pesquisa de 15.000 euros ao Instituto de Pesquisa do Hospital Universitário 12 de Outubro (Madri). O projeto favorecido pela bolsa analisará a forma de reduzir a taxa de readmissão de pacientes idosos em Medicina Interna por meio de um acompanhamento ativo de sua medicação.

Os resultados podem ser consultados com mais detalhes em www.fundacionmapfre.org.