O índice de penetraçao do seguro, a métrica eficaz para medir o nível econômico e social de um país
5 ( 1 voto )

O Serviço de Estudos da MAPFRE elaborou um relatório onde analisa, graças ò índice de penetraçao do seguro, os principais fatores para melhorar a expansão do seguro na América Latina

O índice de penetração do seguro, que representa o peso que os prêmios de seguros têm sobre o PIB de um país, nas economias avançadas como os EUA ou as grandes economias europeias está acima de 7%, enquanto na América Latina é consideravelmente inferior, abaixo de 3%.

Este relatório, solicitado pela Federação Interamericana de Empresas de Seguros (FIDES) e elaborado pelo Serviço de Estudos foi apresentado por ocasião da convenção bienal da FIDES, realizada esta semana em El Salvador. Fornece as linhas gerais que poderiam ser consideradas no desenho de políticas públicas, enfocadas em aumentar a penetração do seguro na economia na região.

O âmbito conceitual, utilizado na preparação deste trabalho, esteve voltado na análise dos principais fatores que podem impulsar o aumento dos níveis de penetração a partir do ponto de vista da oferta e da demanda.

Destacam, entre os primeiros, os possíveis avanços no acesso ao mercado e no desenho e implementação de escopos regulatórios que se adaptem ao risco considerado pelas condições e grau de desenvolvimento em cada mercado, como fatores que podem contribuir no aumento da penetração do seguro na região. Conforme a análise realizada pelo Serviço de Estudos, México, Brasil, Colômbia, Porto Rico, Chile e Peru destacam por possuírem regimes de regulação que progrediram neste sentido.

indice_penetracion_seguros_mapfre

indice_penetracion_seguros_mapfre_grafica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Outros fatores imprescindíveis se encontram em conseguir melhorias na eficiência de gastos, desenvolvimentos que favorecem o crescimento equilibrado dos diferentes canais de distribuição e possíveis colaborações em nível setorial para compartilhar dados e procurar sinergias na digitalização necessária das empresas de seguros.

No que se refere a demanda, um crescimento econômico dinâmico juntamente com a melhoria na distribuição da renda e medidas que visam uma melhor educação e inclusão financeira, são fatores estruturais que influenciam na expansão do setor de seguros na região.

Acesse aqui o relatório completo, onde cada fator que pode contribuir para aumentar a penetração do seguro na região é analisado, bem como sua situação perante os países da América Latina.

Mais informações relacionadas:

Serviço de Estudos sobe as perspectivas da economia mundial Serviço de Estudos sobe as perspectivas da economia mundial

MAPFRE cria serviço de estudos e nomeia MANUEL AGUILERA como director geral