• A revisão, como medida preventiva, é fundamental e, apesar da pandemia, é preciso realizá-la.
  • O câncer de mama também afeta os homens, embora em menor grau.

 

Em 19 de outubro se celebra o Dia Internacional de Combate ao Câncer de Mama e, mais uma vez, a MAPFRE participa desta causa, com diversas ações de sensibilização, neste momento em que, devido aos efeitos derivados da COVID-19, há pessoas que estão interrompendo suas revisões periódicas. Essas revisões, com a realização periódica de mamografias e o autoexame, são essenciais para a detecção precoce da doença, que afeta uma em cada oito mulheres na Espanha ao longo da vida e é o segundo tipo de câncer mais comum, segundo dados da Associação Espanhola de Luta Contra o Câncer (AECC). Só em 2019, mais de 33 mil novos casos de câncer de mama foram detectados na Espanha.

Durante os meses mais difíceis da pandemia, muitas pessoas pararam de ir ao hospital para os exames de rotina por medo da COVID-19 e devido à situação que os serviços de saúde estavam enfrentando. Detectar o câncer de mama nos estágios iniciais da doença é fundamental para tratá-lo e melhorar a qualidade de vida das pessoas afetadas. Na verdade, de acordo com a AECC, a taxa de sobrevivência para esse tipo de câncer é superior a 90% em um prazo de cinco anos. Isso significa que cinco anos após a doença ser detectada, nove em cada dez pessoas continuam vivas. Portanto, este ano, apesar da pandemia, também é aconselhável fazer suas revisões periódicas.

Por outro lado, a MAPFRE, por meio da campanha global de informação que está realizando para seus colaboradores, também dará ênfase aos homens este ano. O câncer de mama não afeta exclusivamente as mulheres. É também uma doença que os homens podem sofrer, embora em proporção muito menor do que as mulheres: apenas 1% dos cânceres de mama detectados correspondem aos homens. É importante destacar que entre 15 e 20% dos homens que sofrem desse tipo de câncer têm histórico familiar ligada à doença, segundo a AECC. Portanto, a prevenção nos homens também é fundamental para combater o câncer de mama.

A MAPFRE, por meio de seu seguro de saúde, oferece serviços especiais de medicina preventiva para o diagnóstico precoce de doenças da mama.

A cor rosa já se tornou um símbolo do combate ao câncer de mama e a MAPFRE participa mais uma vez dessa causa pintando de rosa seu site corporativo e seus perfis nas redes sociais. Além disso, a empresa colabora regularmente com a Associação Espanhola de Luta Contra o Câncer (AECC) no combate à doença.

Essas iniciativas de conscientização, informação e prevenção fazem parte do modelo corporativo de empresa saudável da MAPFRE, que tem por objetivo melhorar a saúde e o bem-estar de seus colaboradores e familiares.

A informação e a conscientização sobre o câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce são uma tarefa diária, não apenas no dia 19 de outubro, Dia Internacional de Combate ao Câncer de Mama.

 

Neste vídeo, https://youtu.be/9ccFz30z6So os colaboradores da MAPFRE contam sua própria experiência e a forma como enfrentaram o combate ao câncer de mama.