A MAPFRE aumenta sua receita em 8,9%, até 7.515.000.000, e o lucro bruto em 4,7%, chegando a 459 milhões
5 ( 1 voto )

Chaves do trimestre

  • Os prêmios ultrapassam 6.114.000.000 de euros, com um crescimento de 2,6%.
  • O lucro líquido ultrapassa 201 milhões de euros.
  • Os fundos próprios aumentam 14,6%, até 9.338.000.000, e os ativos totais ascendem a 70.651.000.000 (+16,5%).
  • A poupança administrada cresce 12,7%, e chega a mais de 40.119.000.000.
  • A MAPFRE chegou a um acordo com o Catalunya Banc para a venda da sua participação nas filiais conjuntas seguradoras, após a obtenção das autorizações administrativas, por um valor superior a 606 milhões de euros.
  • Os acionistas cobrarão o dividendo complementar de 0,08 euros por ação no próximo dia 18 de junho.

A receita da MAPFRE entre janeiro e março de 2015 atingiu os 7.515.000.000 de euros, o que representa um aumento de 8,9% em relação ao mesmo período do ano anterior, e os prêmios aumentaram 2,6%, chegando a 6.114.000.000 de euros. O lucro antes de impostos aumentou 4,7%, chegando a 459 milhões de euros, enquanto o lucro líquido ficou em 201,4 milhões de euros, o que representa uma queda de 8%, devido a um crescimento relativamente alto dos lucros daqueles negócios que a sociedade divide com sócios externos.

A MAPFRE decidiu aplicar a partir de 31 de Março, em suas contas na Venezuela o tipo de cambio SIMADI, representando uma redução de patrimônio líquido de 266 milhões de acionistas.Os fundos próprios, por sua vez, situaram-se em 9.338 milhões o que representa um aumento interanual de 14,6%, e os ativos totais aumentaram nos últimos doze meses 16,5%, até 70.651 milhões.

O índice combinado, afetado pelas perdas excepcionais decorrentes das fortes nevascas que afetaram os Estados Unidos em fevereiro (responsáveis pelo acréscimo de 2,6 pontos percentuais) e pela recuperação da frequência de sinistros em vários mercados, ficou em 98,8%. Sem o impacto dos Estados Unidos, o índice combinado teria ficado em 96,2%.

1. Evolução do negócio

A Unidade de Seguros obteve prêmios no valor de 5.217.000.000 e seu lucro líquido ficou em 157 milhões de euros, enquanto os prêmios da Unidade de Resseguros chegaram a 934 milhões de euros e o resultado líquido deste negócio ascendeu a 49 milhões de euros. Entretanto, a Unidade de Riscos Globais registrou um volume de prêmios de 236 milhões de euros e seu lucro líquido ascendeu a 18 milhões de euros, enquanto os rendimentos da Unidade de Asistencia, Serviços e Riscos Especiais ficaram em 329 milhões de euros e seu lucro líquido ascendeu a 3 milhões de euros.

  • Os prêmios da Área Regional Ibéria, que representam 33,1% do total, ultrapassaram 2.185.000.000 de euros (-16,8%), devido, fundamentalmente, à redução dos prêmios de Vida em seguros de Poupança. Estes valores já não incluem a receita por prêmios proveniente do negócio de seguros com o Catalunya Banc, entidade com a qual a MAPFRE chegou a um acordo para a venda de sua participação nas filiais seguradoras conjuntas, após a obtenção das autorizações administrativas, por um valor de 606,8 milhões de euros.
    Em Automóveis, os prêmios cresceram 0,1%, chegando a quase 491 milhões de euros, e em Saúde o aumento foi de 7% (o dobro do mercado), ultrapassando 455 milhões de euros, graças à evolução favorável do negócio de seguros de Saúde.
    No negócio de Vida, os prêmios situaram-se em mais de 452 milhões (-49,9%), devido, entre outros motivos, a uma mudança no planejamento comercial do ano e a uma emissão mais restrita de seguros de Poupança pelo contexto desfavorável das taxas de juros.
    Cabe destacar a boa evolução do negócio da MAPFRE na gestão de ativos, com um crescimento da poupança administrada de 12,4% e um total de 32.876.000.000 de euros. Também é significativo o notável crescimento do fundos de investimento e carteiras administradas, que cresceram 21,3%, chegando a 3.866.000.000 de euros. O patrimônio dos fundos de pensões ficou em 5.058.000.000 de euros (-7,5%). Isolando-se o impacto da operação do Catalunya Banc, o crescimento do patrimônio dos fundos de pensões teria sido próximo de 15%.
  • Os prêmios da Área Regional Brasil cresceram 1,5% (+2,7% em moeda local), chegando a 1.192.000.000 de euros, impulsionados pelo negócio de Automóveis (+5,4%) e pelo crescimento do negócio de Vida-Risco. O resultado antes de impostos ascendeu a 229 milhões de euros, o que representa um aumento de 51,3%. Esta Área Regional contribui com 18,1% dos prêmios totais do Grupo.
  • A Área Regional América Latina Sul aumentou seus prêmios em 16,3%, ultrapassando 817 milhões de euros, destacando-se o crescimento do Peru, com um aumento de 65,3%, e do Chile, com um aumento de 32,8%. O lucro antes de impostos desta Área cresceu 89,9%, chegando a 62 milhões de euros. Os prêmios provenientes da América Latina Sul representam 12,4% do total.
  • Os prêmios da Área Regional América Latina Norte, que representam 6,3% do total, aumentaram 37,2%, chegando a quase 412 milhões, destacando-se a evolução do México, com um crescimento de 35%, graças ao bom comportamento dos setores de Automóveis, Saúde, Transportes, Vida e Global Risks. O lucro antes de impostos desta Área cresceu 24,4%, chegando a 24 milhões de euros.
  • A Área Regional América do Norte, cujos prêmios representam 9,6% do total, registrou um aumento de 30%, chegando a 632 milhões, estimulado pelo comportamento do seguro Residencial. Em dólares, o crescimento do negócio de seguros da Área é de 3,9%.
  • Os prêmios da Área Regional EMEA aumentaram 17,5%, chegando a quase 381 milhões de euros, estimulados pelo bom desempenho do negócio de Vida-Poupança em Malta, e pela contribuição do negócio de Asistencia no Reino Unido e na Turquia. Merece destaque a evolução do negócio na Turquia, país onde os prêmios cresceram 13,3%, chegando a 180 milhões de euros, graças, entre outros fatores, à boa evolução dos setores de Saúde e Incêndios. Esta Área representa 5,8% do total dos prêmios do Grupo.
  • A Área Regional APAC registrou um aumento em seus prêmios de 36,6%, chegando a 32 milhões de euros. Nesta região, cujos prêmios representam 0,5% do total do Grupo, destaca-se a contribuição das Filipinas, com 15 milhões (+72,1%), impulsionada pelo setor de Seguros Gerais.
  • Os prêmios da MAPFRE RE representam 14,2% do total e entre janeiro e março deste ano ascenderam a 934 milhões de euros (+5,4%), graças à captação de novo negócio proveniente do setor de Vida. O lucro antes de impostos, por sua vez, cresceu 12,9%, chegando a 68 milhões de euros.

2. Dividendo

O Conselho de Administração acordou pagar o dividendo complementar de 0,08 euros por ação relativo aos resultados do exercício 2014 no próximo dia 18 de junho.

Após o pagamento deste dividendo, o desembolso relativo aos resultados de 2014 chega a 431 milhões de euros, 7,7% acima do que foi pago em virtude dos resultados de 2013.

Principais dados consolidados

Milhões € % Var.
Resultados 3M 2015 3M 2014 15/14
PREMIOS EMITIDOS E ACEITOS EM TOTAL 6.114,10 5.961,20 2,60%
Não Vida 4.924,30 4.362,80 12,90%
Vida 1.189,80 1.598,40 -25,60%
RECEITAS TOTAIS 7.515,20 6.901,00 8,90%
RESULTADO ANTES DOS IMPOSTOS E SOCIOS EXTERNOS 458,5 438,1 4,70%
RESULTADO APOS OS IMPUESTOS E SOCIOS EXTERNOS 201,4 219 -8,00%
LUCRO POR AÇAO (euro) 6,54 7,11 -8,00%
Milhões € % Var.
Balanço 3M 2015 3M 2014 15/14
TOTAL DE ACTIVOS 70.651,40 60.637,60 16,50%
ECONOMIA ADMINISTRADA (1) 40.119,40 35.613,90 12,70%
FUNDOS PROPRIOS 9.338,20 8.148,90 14,60%

Principais dados Áreas Regionais

Prêmios emitidos e aceitos Milhões € % Var.
3M 2015 3M 2014 15/14
IBERIA 2.185,30 2.627,00 -16,80%
BRASIL 1.192,00 1.174,10 1,50%
AMERICA LATINA – SUL 817,6 703 16,30%
AMERICA DO NORTE 631,8 486 30,00%
EMEA 380,9 324,2 17,50%
AMERICA LATINA – NORTE 411,9 300,2 37,20%
APAC 31,7 23,2 36,60%
MAPFRE RE 933,7 885,8 5,40%
Resultados antes dos impostos e sócios externos Milhões € % Var.
3M 2015 3M 2014 15/14
IBERIA 155,7 176,6 -11,80%
BRASIL 228,5 151 51,30%
AMERICA LATINA – SUL 62,3 32,8 89,90%
AMERICA DO NORTE -68,6 9
EMEA 24,7 24,8 -0,40%
AMERICA LATINA – NORTE 24 19,3 24,40%
APAC 0,4 1,5 -73,30%
MAPFRE RE 67,6 59,9 12,90%
(1) Incluindo: provisões técnicas de Vida, fundos de investimentos e fundos de aposentadoria.