MAPFRE transforma sua linha de crédito consorciado de 1 bilhão em um empréstimo sustentável
5 ( 1 voto )

 

Essa operação faz com que a MAPFRE seja a primeira companhia de seguros do mundo a oficializar um empréstimo com essas características

A MAPFRE transformou sua linha de crédito consorciado no valor de 1 bilhão de euros (com vencimento em dezembro de 2021) por um empréstimo sustentável, transformando-se assim, na primeira companhia de seguros do mundo a realizar esse tipo de operação para atender a necessidades gerais da empresa, reforçando a aposta pela sustentabilidade e responsabilidade social corporativa.

A característica de maior destaque dessa operação é que, para estabelecer a taxa de juros, é necessário considerar não apenas o rating de crédito da MAPFRE, mas também a evolução dos parâmetros de sustentabilidade da companhia. Com isso, caso sejam produzidas melhorias na avaliação da sustentabilidade, a taxa de juros do financiamento é reduzida e, por isso, um consultor independente, nesse caso a Vigeo Eiris, emitirá um relatório anual em que analisa o desempenho da MAPFRE em questões ambientais, sociais e de boa governança.

Graças a essa inovação, o custo do crédito atual, cujo prazo de vencimento se expande até o ano de 2023, é reduzido, com a possibilidade de ser prorrogado duas vezes por um prazo de um ano cada uma delas.

Esse acordo foi negociado com um grupo de bancos, sendo os bookrunners Santander, BBVA, Bankinter, Sabadell e o Bankia, tendo o Santander agido como agente e o BBVA como agente de sustentabilidade.

A MAPFRE reforça, assim, sua aposta pela sustentabilidade em todos os âmbitos da organização e seu compromisso de ser uma empresa socialmente responsável e comprometida com o ambiente e a sociedade. Além disso, considerando a evolução dos mercados financeiros, reduziu os custos de financiamento, aumentou o prazo e garantiu condições mais vantajosas.