Trata-se da primeira rede de blockchain operacional para a gestão de cosseguros promovida pela TIREA.

O prêmio, que reconhece a CYGNUS como o melhor projeto de implantação de tecnologias disruptivas, foi entregue no âmbito da celebração do 20º aniversário da consultoria tecnológica IDC.

A plataforma de blockchain CYGNUS nasceu impulsionada pela TIREA, com o suporte da Grant Thornton e por grandes empresas do setor, como a Caser e a Generali, e responde ao interesse dessas entidades na melhoria do processo de intercâmbio de informações de cosseguros entre as diversas entidades, e também para explorar os benefícios derivados da utilização dessa nova tecnologia.

O uso da plataforma também permitirá, no futuro, conhecer em detalhes os riscos a que as empresas estão expostos, para otimizar os capitais que obrigam a imobilizar a SOLVÊNCIA II, aprimorando a competitividade e os serviços oferecidos pelas entidades, principalmente para empresas e corretores.

O evento, além de reconhecer os projetos tecnológicos mais inovadores de 2020, colocou seu foco, por meio de diversas palestras, na significativa aceleração da inovação e das operações que serão impulsionadas por modelos hiperconectados, entre outros assuntos.