Em um recente episódio de The voice of insurance (a voz do seguro), Javier San Basilio, CUO na MAPFRE RE, conversou com Mark Geoghegan sobre o panorama de resseguro e sua visão do setor, a estratégia da entidade e os destaques como as Insurtechs, o comércio automático e o impacto da Covid, entre outros assuntos.

 

San Basilio observa uma margem para melhorar no que diz respeito à adequação da taxa atual em geral. “Temos visto algumas tendências positivas nos últimos anos e em algumas áreas de negócios, especificamente nas grandes empresas industriais, etc. Contudo, elas ainda são baixas em muitos mercados e nichos, em especial se considerarmos as frequências e a maior complexidade. Os aumentos de taxas observados no lado direto não foram totalmente transferidos para o setor dos resseguros”, disse ele.

 

Questionado sobre as oportunidades de mobilização de capital no momento, San Basilio explica que a “MAPFRE RE não é oportunista: nosso apoio à nossa base tradicional de clientes deve ser mantido. Ainda podemos encontrar oportunidades em muitos mercados”. Não estamos mudando radicalmente, mas temos oportunidades em quase todas as regiões”, explicou ele.

Em relação ao crescimento significativo dos prêmios no primeiro semestre, detalhou que “provém da movimentação de preços percebida nos negócios realizados em 2020, principalmente no aumento de preços, com algum incremento da exposição, em que enxergamos boas oportunidades e parceiros queriam que crescêssemos com eles. Posso dizer que o crescimento provavelmente seria de 70% de preço e 30% de exposição”.

 

Na sua opinião a respeito da moderação das taxas, mesmo que os preços tenham melhorado, em 2021 definitivamente desacelerou em cada trimestre. Não temos observado reduções de preços e isso é um fenômeno geral. Entretanto, os resultados ainda estão sob estresse e algumas das áreas mais relutantes, quando se fala em endurecimento de preços, como a Europa continental, têm visto um aumento substancial nas reclamações, particularmente nos eventos Cat, e isto terá um impacto nos preços para 1.1. Não podemos permitir que a dinâmica de preços diminua ainda mais”, assinalou ele.

Como forte comprador de retro, a estratégia de longo prazo da MAPFRE RE “permanece inalterada”. “Somos uma empresa entediante, e isso é uma boa notícia”, disse ele se referindo a seu sólido painel de parceiros. “Estamos administrando de maneira consciente a volatilidade que trazemos para o Grupo MAPFRE e nossas retro proteções são construídas com isso em mente, obviamente olhando para os ciclos do mercado, mas sem afetar a estratégia de longo prazo”, declarou San Basilio, que atua como Chief Underwriting Officer da RE desde 1º de janeiro. Anteriormente, ele ocupou o cargo de diretor regional europeu com base em Londres e trabalhou como segurador em Londres, Manila, Nova Jersey e Madri.

Clique aqui para ouvrir o áudio completo.